Há dois anos apresentei-me a eleições para o PSD Lisboa, prometendo a união do partido num contexto particularmente difícil. 

Hoje volto a apresentar a minha candidatura, com a consciência do trabalho feito e a certeza de que todos queremos continuar Lisboa. Continuar a planear, a trabalhar, a envolver todos os militantes, a chamar novos companheiros para esta jornada. 

O PSD foi a solução em que Lisboa acreditou e temos de continuar a fazer por merecer essa confiança, no trabalho diário por uma cidade melhor. Temos de continuar a aprofundar a reforma administrativa da cidade de Lisboa, reforçando a capacidade de intervenção e serviço público. Mas também temos de pensar e aprender com os desafios que são colocados dentro da própria estrutura do partido em Lisboa, potenciando o modelo de núcleos que nos levará a recuperar a tradição das antigas secções.

 Continuar Lisboa é a missão com que me apresento.