No momento em que me candidato a um último mandato na Presidência da Secção de Lisboa, dirijo-me a cada um de vós propondo uma reflexão, deixar um agradecimento e manifestar o meu compromisso.

Quero começar por dar justa nota do enorme privilégio que sinto em poder contar com o apoio de Carlos Moedas para este último mandato. Este apoio suscita a reflexão da importância da unidade do nosso partido em torno de Carlos Moedas. Lisboa não tem um ativo político de cariz nacional com esta relevância politico-partidária há mais de vinte anos. Carlos Moedas largou uma vida de comodidades para se dedicar ao desafio da causa pública dando a cara pela social-democracia portuguesa e obtendo uma vitória eleitoral que muito poucos acharam possível.

Um agradecimento pela confiança em mim depositada ao longos destes anos. Foi um percurso que fizemos em conjunto, recheado de desafios e conquistas, que com o apoio de todos, dentro das suas disponibilidades familiares e profissionais, transformámos em muito trabalho na construção local do projeto social-democrata.

Por fim o compromisso de neste último mandato fazer mais e melhor. Será um mandato marcado por eleições europeias, mas sobretudo pelas eleições autárquicas. Por isso, o nosso compromisso será o de mobilizar vontades e disponibilidades para apoiar Carlos Moedas a conquistar a confiança da maioria dos lisboetas.

E isso acontece com: 

GRUPOS DE FREGUESIA

Reunir militantes por freguesia, promovendo reuniões de preparação do projeto autárquico, para que possam consolidar essa preparação num documento estratégico, aprovado por esse grupo para ser apresentado pela Concelhia ao nosso Presidente da Câmara.

CONTINUAR A “PENSAR LISBOA”

Encontros com executivo camarário, deputados à Assembleia da República, deputados municipais, presidentes de junta e sociedade civil para continuar a aproximar o PSD dos Lisboetas.

AUTÁRQUICAS 2025

Formar e capacitar autarcas do PSD para Carlos Moedas ganhar a Câmara com maioria absoluta nas Autárquicas de 2025.

O PSD E A CIDADE

Preparar uma nova reforma administrativa da cidade de Lisboa.

COMISSÕES POLÍTICAS ABERTAS

Reuniões de comissão política abertas aos militantes numa senda de transparência e abertura a todos.